Mídia da capa

20/05/2019    201 visualizações

PCMG reúne quatro gerações em reencontro

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) promoveu um reencontro de família depois de mais de 30 anos de separação. Eugênia Valadares da Cruz, 66 anos, solicitou, em 8 de maio, à Divisão de Referência da Pessoa Desaparecida (DRPD), ajuda para encontrar a filha, Joelma Soares dos Santos, de 46 anos.

Joelma saiu de casa aos 13 anos e, na época, vivia na rua. Casou-se, teve dois filhos, Adalilson e Adaísa, e deixou-os com o marido, atualmente falecido. Após as buscas, a DRPD conseguiu localizar Joelma no Abrigo Maria Maria. Ela manifestou interesse no reencontro com a mãe e solicitou reencontrar os dois filhos.

Na sexta-feira (17), mãe e filha se reencontram após 33 anos de separação. Para além do reencontro, Joelma pode rever também a filha Adaísa e o neto Arthur, após novas investigações da Polícia Civil. O neto ela nem tinha conhecimento. Eugênia, por sua vez, reencontrou a neta e conheceu o bisneto. Além disso, Joelma conversou, por chamada de vídeo, com a irmã Shirlene e com o filho Adalilson, residentes no México.

A Delegada Maria Alice Faria comenta que “embora não seja essa nossa finalidade específica, a DRPD promove esses reencontros sempre surpreendentes e vibrantes. Estão além da nossa obrigação, mas fazem parte da nossa expertise pelo caráter humano e social que representam”.