24/09/2019    111 visualizações

Polícia Civil prende suspeito de envolvimento em feminicídio

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu mandado de prisão, nessa segunda-feira (23), contra Agnaldo dos Santos Oliveira, de 36 anos. Ele é suspeito de matar Emanoele Soares Rodrigues, de 19, que estava desaparecida desde 29 de agosto deste ano.

A família registrou o desaparecimento da mulher no dia 4 de setembro. A Divisão de Referência da Pessoa Desaparecida (DRPD) localizou o corpo carbonizado da vítima, já no Instituto Médico Legal (IML), sem identificação.

Por ciúmes e por não aceitar o fim do relacionamento, o suspeito afirmou que pegou uma faca e desferiu seis golpes no peito da jovem. Em seguida foi até Brumadinho, onde ateou fogo em Emanoele. O corpo foi encontrado no mesmo dia, já carbonizado.

A DRPD suspeitou que o corpo pudesse corresponder ao da Emanoele Soares pelas características físicas semelhantes, confirmadas, posteriormente, por exames periciais.

A Delegada Maria Alice Faria reafirma o comprometimento da Polícia Civil: “nosso desafio diário é localizar as pessoas com vida, com a integridade física e mental preservada”.

Em Belo Horizonte, de janeiro a julho, a DRPD instaurou 537 procedimentos de pessoas desaparecidas. Desses, 514 casos foram solucionados, com índice de 95,7% de elucidação.